Frase: "Os cientistas já detectaram o mundo espiritual, mas não o viram porque ela aparece na forma de matéria e energia escuras."

É uma variação da anterior, mas ao menos pode ser tratada como hipótese.

É sabido que apenas 4% de toda a massa do Universo se deve a matéria ordinária, formada de átomos, 22% de matéria escura (que não se sabe o que é) e 72% de energia escura (que se sabe menos ainda). Por causa disso, alguns se apresaram em dizer que tais medidas eram a prova de que no Universo há além dos mundos materiais, que podemos ver, os mundos espirituais, que não podemos ver. É tentador apoiar tal hipótese, não?

Mas as coisas são um pouco mais difíceis do que parecem. Observações recentes, contudo, mostram que uma boa parte das estrelas de matéria ordinária não são visíveis, por serem de pouca luminosidade, as chamadas estrelas anãs (anãs brancas e anãs marrons). Tais descobertas começam a mexer um pouco nas proporções atualmente aceitas. Por outro lado, sabemos que tais proporções apareceram a partir de medidas relativas à razão massa-luz do Universo. Neste ínterim estão apenas refletindo o Universo observável, tridimensional.

Sabemos, pela revelação espírita, que o mundo espiritual na verdade é um conjunto deles com cada qual, como diria André Luiz em suas obras, de "frequência específica", nos quais os Espíritos ali estagiam conforme a sua evolução espiritual. Também o citado autor revela que tais mundos são como "esferas que se interpenetram".

Tudo isso, nos leva a crer que o mundo espiritual está contido em "dimensões" diferentes da nossa. Se é assim, a observação direta da relação massa-luz do Universo não nos diz muita coisa sobre o mundo espiritual. Mas é uma alternativa interessante, que deve ser mantida como hipótese até que novas observações e/ou revelações sejam feitas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pode haver espíritas comunistas?

Libertarianismo e Espiritismo

Frase: "O mundo espiritual é formado de antimatéria".