Vem aí o trans-humanismo?

Trans-humanismo, pare quem não sabe, é uma corrente filosófica moderna, diz a Wikipedia cultural, de ver o homem e a sociedade como um misto de biológico e tecnológico.

De fato os trans-humanistas já afirmam que nós não somos mais somente humanos, mas um híbrido humano-máquina e que isso, no futuro, vai estar a tal ponto que nós não seremos mais capazes de discernir o homem como o vimos a algum tempo (um ser puramente biológico), mas algo extremamente diferente.

O trans-humanismo estuda os prós e os contras das tecnologias emergentes e os impactos que elas representam em nossas vidas. De fato, imaginem um mundo sem óculos, próteses dentárias, de membros, laptops, celulares etc.! (Alguns prováveis leitores nasceram num mundo sem todas essas coisas, mas hoje está difícil imaginar como se vivia sem isso, não?).

Sobre a questão tecnológica, por si, o Espiritismo aborda o assunto e orienta o caminho: é o trabalho dos séculos que os homens realizam; a evolução precede a moral, mas que esta lhe é consequência, sempre; a nossa maior necessidade atual é de evolução moral (todas passagens de Kardec).

O nobre espírito Joanna de Ângelis, entretanto, vai mais além: "o homem É e DEVE SER considerado sua MENTE".

Dito isto, então, que venham as novas invenções: o Espiritismo não teme a ciência, antes são nas observações positivas e na reflexão racional que se baseia os seus mais belos e caros princípios.

Como será o mundo quando não houver mais a necessidade do sexo para unir as pessoas? Como os novos seres entrarão no mundo? Clonagem?

Em mundos superiores os Espíritos nos contam que a morte não tem nada de pavoroso como na Terra: quando um Espírito quer, liberta-se da matéria e seu corpo é dissolvido, sem os horrores da decomposição. Quando quer, cria um novo corpo para si.

Talvez essas palavras sejam a forma que os Espíritos encontraram de explicar, em 1856, coisas que ainda parecem ficção científica, mas já visualizamos, literalmente no cinema (vide Avatar, de James Cameron): ter tecnologia para se criar um corpo novo, transferir a pessoa (o Espírito? a mente segundo Joanna?) de um corpo a outro! Sabemos, de fato, quais tecnologias os Espíritos usam para nos auxiliar na nossa própria reencarnação atualmente? O corpo, de fato, não é mais que uma máquina, extremamente complexa e engendrada pela Natureza (apelido de Deus?) para servir de morada temporária aos Espíritos?

Para terminar, uma frase dos Espíritos em O Livro dos Espíritos: o corpo nada é, teu Espírito é tudo!

Abraços

Referências sobre trans-humanismo:
http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/vem-ai-os-trans-humanos-28072009-25.shl (em portugês)
http://en.wikipedia.org/wiki/Transhumanism (em inglês - desculpem mas a Wikipedia em português não está muito confiável ultimamente.)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pode haver espíritas comunistas?

Libertarianismo e Espiritismo

Frase: "O mundo espiritual é formado de antimatéria".