2012 e o fim do mundo

Quaisquer eventuais leitores deste blog já devem adivinhar o meu posicionamento a respeito do tema "Fim do Mundo":

O mundo vai acabar, de uma forma ou de outra, e a única coisa que podemos fazer é especular sobre o quando isso irá ocorrer. Mas, com certeza, não será em 21 de dezembro de 2012!


O fim anunciado do Sistema Solar e, por consequência da Terra, será daqui a mais ou menos 5 bilhões de anos quando o Sol se tornar uma gigante vermelha e, depois, uma anã branca. Este é o chamado fim astronômico.

Daqui a mais ou menos 250 milhões de anos, a deriva continental irá transformar os nossos atuais cinco continentes em apenas um continente mais uma grande ilha. Isto, claro, irá transformar a vida na Terra e, se ainda houver humanos nesta altura, iremos todos perecer. Este é fim geológico.

Já estamos a entrar, a partir de agora, em uma nova Era Glacial, que dura uns 90.000 anos. Se esfriar o suficiente, a humanidade pode não sobreviver e os demais animais vão se adaptar (por exemplo, o elefantes voltarão a evoluir como mamutes).

Amanhã mesmo alguém pode apertar o botão vermelho das armas nucleares e o mundo que conhecemos acabará!

Se nada fizermos a respeito da poluição que nós mesmos criamos todos os dias, a humanidade também acabará!

Resultado: escolha como acabar com o mundo e escolha a sua data e sua previsão será tão boa quanto a dos Maias!

Só mais uma coisa: atenção às previsões atribuídas ao Chico que andam circulando por aí. Se você ler com cuidado o texto, vai perceber que o que o Chico disse, exceto pelas datas, é mais ou menos o que os Espíritos da codificação falaram para Kardec: que uma nova geração de seres mais espiritualizados iriam reencarnar, que essa nova geração iria modificar as instituições humanas na Terra, que a ciência seria incrivelmente ampliada, que o mundo espiritual estaria mais próximo do mundo material (no sentido de os seres humanos darem mais valor às coisas espirituais) e que o contato com seres de outros planetas e outras dimensões se faria mais facilitado.

Sobre as previsões feita para o Brasil, nada mais são que a materialização do que Emmanuel já havia falado sobre a missão do Brasil ser o coração do mundo, pátria do Evangelho redentor por causa da Doutrina Espírita, papel este que deve ser levado a efeito neste século. Por outro lado, a possibilidade de se dividir o Brasil (e a América Latina de forma geral) em várias nações para assimilar os eventuais sobreviventes de um holocausto nuclear é apenas um cenário que os planejadores espirituais, assim como fazem os planejadores aqui na Terra, geram para se preparar para as ocorrência que, em última análise, depende de decisões dos seres humanos quando encarnados. Portanto, assimilemos o que é bom, e rejeitemos o que não é lógico ou racional. Essa era uma constante advertência de Kardec sobre as "revelações" dos Espíritos.

Abraços.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pode haver espíritas comunistas?

Libertarianismo e Espiritismo

Frase: "O mundo espiritual é formado de antimatéria".